Tuesday, July 05, 2011

Cartão de Terça Feira

Essa história eu tenho que contar...

Rolou um pequeno stress na última reunião de pais da turma do Marcelo com alguns pais meio revoltados com o método de alfabetização da escola. A turma tem 5 anos, estão no que era antigamente chamado de Jardim 2, ou seja, a alfabetização mesmo é só no próximo ano, que antigamente era a pré-escola e agora é o 1o. Ano do Ensino Fundamental. Mas o processo de alfabetização começa no maternal, aos pouquinhos, na brincadeira e de acordo com os interesses das crianças. Esse ano eles já estão escrevendo palavras simples, copiando pequenas frases e identificando algumas sílabas. Eu já acho tudo muito apressado, criança tem que brincar, certo? Mas como o Marcelo estava tranquilo (depois de uma fase de não querer fazer lição de casa de jeito nenhum que foi rapidamente superada), e como a Bia também foi alfabetizada de maneira muito parecida, tudo bem. Mas o fato é que alguns pais acham que as crianças já deveriam estar lendo. Eu não acho, e sou bem tranquila em relação a isso, cada coisa em seu tempo! Mas a reunião foi complicada mesmo, a professora (ótima!) saiu arrasada.

Um dia, fazendo uma lição de cada em que ele tinha que escrever algumas sílabas e desenhar a palavra que formava, o Marcelo solta essa: "Nossa, eu estou MESMO aprendendo a ler!". Ele estava todo orgulhoso, e eu me derreti com tanta fofurice! hahaha Na hora decidi que precisava mandar isso escrito na agenda para a professora... e dessa decisão para a outra de fazer um cartão de obrigada foi um pulinho.

Obrigada a todas as professoras que se dedicam aos nossos filhos! O passo a passo está no blog da Scraperia.

Beijos...

6 comments:

Babi Bôas said...

Oi Dé

Concordo com você, meu sogro que foi dono de escola durante 30 anos disse que uma vez foi a uma palestra onde o palestrante era a favor das crianças entrarem na escola a partir da 4ª série, e antes disto só brincar... já imaginou que delícia.

Claro que para muitos pais fica dificil ter o filho em casa, mas a cobrança de ler e escrever... lição de casa, minha nossa!

Quando o Vini (4) entrou na escola foi porque eu estava grágida da Beatriz e não queria que ele achasse que estava indo para a escola por causa dela, então entrou ates de ter 2 anos , na primeira avaliação veio MATEMÁTIA: não alcançou o esperado. A professora toda preocupada veio falar comigo, eu disse que ele não estava lá para isto e sim para brincar, então ela se acalmou e falou que bom que você não é como a maioria das mães...pode?

Marcia Valesca said...

Que lindo Dé!
Lindo cartão e lindo significado.
Sempre saio assustada da reunião de pais... uma vez, tipo numa reunião da segunda séria, iniciou-se uma discussão sobre tamanho da tarefa de casa ser longa demais ou não. Aí um pai me solta: eu prefiro que seja longa afinal a disputa por um concurso público está acirrada e preciso preparar meu filho pra isso. Oi?
Mundo doido...

Aline said...

Meu filho está na mesma série do seu. Concordo com você, cada coisa em seu tempo. Realmente tem gente sem noção... tem pais de colegas do meu filho que vão mudar as crianças ano que vem para um "curso preparatório", tipo um "pré-vestibular mirim" que tem aulas até no fim de semana, para fazer uma prova pro colégio militar. Morro de dó.

Zilca said...

Dé concordo com você cada coisa no seu tempo. Vejo cada exemplo com meus sobrinhos.
O cartão está lindo.

Bjos

Diário da mãe e da filha said...

Dé a minha filha começou a ler e a escrever com 6 anos (1º ano do ensino fundamental)
Concordo com você e acho cedo demais... Cada coisa tem o certo tempo não é mesmo?
Beijos

Cores de Anas said...

Querida Mamãe Dé, que bom que você pensa assim!O mundo da alfabetização é extenso e vamos vivenciá-lo durante toda a nossa vida...descobrindo sempre que ainda temos algo a aprender.Eu, como professora ficaria imensamente feliz ao receber este cartão de agradecimento.Seu filho(pelo relato que você faz) está desenvolvendo dentro do seu tempo e de suas habilidades, deixe que ele se encante e viva intensamente a sua infância, a aprendizagem acontecerá com toda certeza.
Amo os cartões de terça, (que peninha agora em versão quinzenal).
Bjinhos
Maria Teresa